fbpx

A escolha entre o tráfego pago ou tráfego orgânico ainda é uma dúvida muito presente no dia a dia daqueles que estão iniciando no mundo do marketing digital

Isso acontece porque as informações são um pouco confusas e as possibilidades muito variadas, ocasionando o não entendimento por alguns. A partir disso, decidimos desenvolver um artigo com as informações básicas sobre os dois temas e facilitar as suas escolhas no momento da criação das estratégias. 

Confira abaixo e veja como diferenciar essas duas opções de tráfego no seu negócio.

As diferenças entre tráfego pago e tráfego orgânico 

O primeiro ponto que deve ficar claro é que ambos têm processos diferentes, que podem ser realizados simultaneamente ou de acordo com a necessidade da marca.  Por isso, é muito importante saber bem o que está procurando na definição dos objetivos para campanha antes de escolher qual dos dois será usado. 

Vamos às diferenças.

Entenda o que é tráfego orgânico

O tráfego orgânico, como o nome já indica, é aquele que é feito naturalmente, ou seja, nesse caso, sem o investimento financeiro no impulsionamento de conteúdos

Orgânico se refere a resultados nos buscadores, como o Google, que não sofrem influência dos links patrocinados. Ou seja, aparecem para os usuários por sua relevância para a pesquisa. Geralmente são conteúdos publicados em blogs, com informações muito importantes para os clientes.

Os algoritmos, robozinhos que farão a leitura dos textos e das páginas, selecionarão aqueles sites que terão as melhores soluções para que o usuário está pesquisando. 

Se o objetivo do cliente é pesquisar sobre o produto ou serviço no Google e o tal site for o primeiro a aparecer para ele, a chance de ser acessado é bem maior

Por isso, as empresas andam investindo em textos para blogs e sites que possuem características que serão bem lidas pelos buscadores

Apesar disso, o tráfego orgânico tem um processo lento e o conteúdo competirá com o de várias empresas. Mas o investimento será, basicamente, em dedicar tempo e esforços para desenvolver materiais de qualidade e que sigam as estratégias de SEO

Conheça o tráfego pago 

Já quando falamos de tráfego pago ou mídia paga, algumas plataformas são mais conhecidas, como Google Ads, Facebook e Instagram Ads

Este tipo de tráfego funciona com o investimento para o impulsionamento de conteúdos, ou seja, eles serão pagos para serem exibidos para tais pessoas. Porém, diferentemente do tráfego orgânico, se bem-feito, ele terá uma resposta muito mais rápida e resultados mais expressivos. 

Apesar de muitos terem medo de investir dinheiro em um ambiente pouco conhecido, é possível, durante a realização de uma campanha, alterar os valores para atingir o propósito sem sair do orçamento

Além disso, eles também disponibilizam uma boa segmentação do público-alvo, fazendo com que a pessoa invista na comunidade que deseja, definindo faixa etária, gênero, opções de consumo, entre outros. 

E agora, qual escolher? 

Como foi dito anteriormente, a escolha do modelo que a empresa irá utilizar vai depender muito do que ela procura e dos recursos disponíveis para tais investimentos. Sendo assim, é interessante explorar as plataformas citadas e se aprofundar no que cada uma oferece como sugestão para o conteúdo que será produzido. 

Uma boa dica é procurar uma equipe que entende do assunto e guie da melhor forma. A Tante tem um portfólio de marcas que prosperaram com o marketing digital, seja com o tráfego orgânico ou tráfego pago. Entre em contato com a gente e conheçam as soluções para os seus negócios!

Postado por:
Flávia da Fonte