fbpx

Atualmente todos os profissionais precisam ter uma presença digital. Ainda que seu trabalho seja totalmente voltado ao mundo presencial, estar disponível em redes sociais e mecanismos de busca ajuda a aumentar seu alcance entre possíveis clientes, tornando seus serviços mais conhecidos.

No caso dos psicólogos, especialmente depois da pandemia, muitas pessoas migraram dos atendimentos presenciais para os atendimentos online. Além disso, os cartões de visita foram substituídos em grande parte por um perfil nas redes sociais e um site, onde é possível ver diversas informações sobre o profissional.

Confira abaixo algumas dicas para montar um bom perfil profissional tanto em sites quanto em redes sociais, respeitando as orientações do Conselho Federal de Psicologia.

Dicas para montar um site

Para montar um site, se você não tem qualquer proximidade com o assunto, pode valer a pena contratar o serviço de um outro profissional ou agência qualificada. Se você se sente mais seguro para fazer por conta própria, há sites que oferecem modelos mais simples e intuitivos.

Porém, ainda assim, é necessário prestar atenção a alguns detalhes: escolher uma URL amigável e que tenha a ver com os seus serviços, optar por um design que seja simples, funcional e profissional, mas que também passe as informações sobre a sua abordagem teórica e o seu estilo.

Também é necessário criar um bom conteúdo baseado nas regras e recomendações de SEO, que ajudarão o seu público a te encontrar pelos motores de busca. Informações como o número do CRP e seu nome completo também devem ficar visíveis e acompanhar a navegação do visitante.

Dicas para as redes sociais

As redes sociais são os novos cartões de visita para muitos profissionais. Afinal, muitas pessoas estão hoje no Instagram, Facebook, LinkedIn, Twitter ou outras redes, tornando mais simples ser encontrado por esses meios.

Além disso, é muito fácil criar anúncios pagos para fazer com que suas publicações cheguem a mais pessoas. No entanto, certifique-se de fazer uma boa segmentação de público, para fazer valer o seu investimento.

Para ter uma rede eficiente, você deve utilizar uma foto profissional, ter seus dados visíveis, incluindo o nome completo e o CRP, criar conteúdos que estejam relacionados ao seu trabalho e deixar bem evidente qual é a sua abordagem teórica e área da psicologia, como psicologia organizacional, clínica, hospitalar, entre outras.