fbpx

Um site é, antes de tudo, a cara da sua empresa no mundo virtual.

Não importa o segmento de mercado, ter um site é ter um endereço na web, um lugar onde milhares de pessoas se conectam diariamente em busca das mais variadas informações.

É perceptível que o website não tem mais o protagonismo de antes. Muitas vezes ele nem é a primeira forma de acesso do cliente ao seu negócio. Estamos vivendo a época da multiplataforma, na qual é preciso compreender a função de cada forma de comunicação para as estratégias digitais. Mídias sociais, aplicativos, mensagens instantâneas, e-mails, sites, todos estão disponíveis para a criação da presença digital.

Mas o site se tornou desnecessário? Acreditamos que não e preparamos este artigo para mostrar a importância do website no mundo virtual.

A identidade do negócio na rede

A presença de um negócio no mundo virtual é tão importante quanto no mundo real. Seja qual for o tamanho ou segmento da empresa, marcar presença na rede é existir em todas as formas de busca do consumidor. As pessoas já incorporaram a seus hábitos a pesquisa na internet por produtos e serviços que satisfaçam suas necessidades, portanto não ser encontrado lá pode significar não existir para o seu público.

Alguns motivos são alegados para não estar presente na internet, mas nenhum deles encontra respaldo na realidade. “Meu negócio é pequeno”, “é um negócio local, de bairro”, “a vizinhança já me conhece”, “não pretendo expandir” são desculpas perigosas para não aderir à rede. O maior potencial da internet é justamente conectar pessoas, e um negócio, qualquer que seja o seu tamanho, não pode desperdiçar essa alternativa de mídia.

Mesmo que você não tenha um e-commerce, saiba que é na internet que as pessoas pesquisam antes de realizar compras. Se você estiver na rede, está também no campo de visão do seu cliente. Do contrário, está fora do seu alcance.

Redes sociais não substituem sites

“Eu já tenho uma fanpage, Instagram, perfil no Pinterest, Linkedin” não são razões para o seu negócio não ter um site. Pelo contrário, são motivos ainda mais fortes. Não é estratégico aderir às mídias sociais de maneira exclusiva e renunciar a uma das ferramentas mais tradicionais e importantes da internet. Na verdade, não é uma escolha. Manter um site bem estruturado e atualizado é fundamental para a saúde da sua empresa.

Cada plataforma de presença digital tem uma característica diferente— uma funcionalidade — e atende a objetivos específicos.

O Facebook, por exemplo, é uma das redes sociais mais populares e de fácil uso, mas já não é a rede mais utilizada pelos chamados millenials (a nova geração de consumidores) e tem deixado as marcas cada vez mais dependentes do modo de funcionamento do algoritmo dos news feed.

Já o Instagram é extremamente popular entre os mais jovens, tem muita força visual, mas pouco apelo de conteúdo escrito.

E o site? O site, mais que tudo, é uma ferramenta estratégica que cumpre algumas funções essenciais: reforça a presença digital, apresenta o negócio para o público com detalhes e orienta os motores de busca para que sua empresa seja encontrada. Deixando claro, é mais fácil o Google achar a empresa quando ela tem seu próprio website.

Direto ao ponto: as vantagens de ter um site

Em uma era digital, a presença na rede é sinal de credibilidade. Causa estranheza quando um negócio não é encontrado na web. Novos tempos!

Diferentemente das mídias sociais, em que seu negócio tem um perfil ou uma fan page, uma página na internet é 100% personalizável, podendo e devendo refletir a identidade da empresa. É no site que a companhia pode trabalhar de maneira mais apurada seu lado institucional e apresentar seus produtos e serviços com mais detalhes. Ele dá mais credibilidade ao negócio e potencialmente insere as soluções da empresa na vida do consumidor.

Isso tudo pode ser feito de maneira inovadora e dinâmica, pois diversas aplicações, podem enriquecer a experiência do usuário. Afinal, são mais de vinte anos de internet e aprimoramento dos websites, tanto estética quanto funcionalmente.

Outro aspecto positivo é a possibilidade de prestação de serviços online, como a emissão de boletos, pagamentos online, envio de documentos, solicitações diversas, etc. Além disso, um website institucional pode funcionar como um repositório de conteúdos em favor da empresa e dos clientes. Ele pode — e deve — conter o máximo de informações possíveis para o consumidor se sentir seguro e orientado para optar pelo seu produto ou serviço.

Ter um site permite que a empresa utilize o marketing digital e estratégias de inbound marketing para se informar, se relacionar e promover vendas. Se o seu negócio ainda é pequeno, essa é mais uma razão para ter um website, já que estas estratégias são na medida da sua necessidade e da realidade da empresa.

Não é regra que um website precisa ter muitas funcionalidades, páginas e informações. Ele pode ser pequeno, simples e com informações essenciais para o cliente compreender o seu negócio; e, principalmente, ser encontrado pelos mecanismos de busca, chegando em todas as pessoas que estão procurando justamente aquilo que você oferece.

Faça com quem entende

É verdade, há milhares de plataformas gratuitas para que você mesmo possa construir seu site. E não há problema nisso. Mas, se você chegou até aqui e entendeu a importância de ter um site para o seu negócio, há de concordar que fazer um projeto com profissionais vai trazer melhores resultados.

Decidir todas as características, tamanho, design e funcionalidade de seu website pode ser uma tarefa árdua para quem não é da área. Por isso, ter por perto pessoas que realmente entendem da construção de um site é uma forma de poupar tempo e recursos e garantir um bom trabalho.

Esperamos ter esclarecido suas dúvidas com esse artigo. Siga-nos em nossas redes sociais, continue acessando nosso site e tenha ainda mais informações.