fbpx

Blog

Quem empreende pelo marketing digital está exposto a uma de suas armadilhas mais comuns: as métricas de vaidade. Números e indicadores, quando mal interpretados, podem confundir e mesmo induzir ao erro, atrapalhando os esforços de comunicação online.

As métricas são os instrumentos de medição de sucesso de uma campanha de marketing digital e devem ser bem estabelecidas para que ajudem na interpretação dos resultados. Mas, quando se coloca curtidas e acessos, por exemplo, como parâmetro de sucesso, um erro grande pode estar em curso.

Vamos neste artigo entender melhor o que são as métricas de vaidade e como evitar que elas atrapalhem o sucesso de suas ações digitais.

A vaidade na rede

“Vaidade, meu pecado favorito!” Esta frase foi dita pela personagem de Al Pacino em Advogado do Diabo, mostrando como ela pode levar a caminhos errados. Quando o marketing digital esquece que está a serviço de resultados e busca produzir números em vez de vendas, relacionamentos e branding, pode estar cometendo o mesmo erro citado.

Métricas de vaidades são números brutos produzidos em uma campanha que podem significar pouca ou nenhuma coisa em relação a resultados concretos. Ter um grande número de seguidores em uma rede social, por exemplo, pode ser bacana. Mas se essas pessoas não gerarem negócios ou os resultados esperados com sua atuação online, são apenas uma estatística interessante, com pouco valor.

Nesta hora, grandes volumes só servem para o inflar o ego, mas não realizam conversão de vendas, tampouco entregam resultados. Ou seja, está desconectado do que se espera do marketing digital.

Métricas e Indicadores de Performance

É interessante fazer a distinção entre métricas e indicadores-chave de performance, os conhecidos KPIs.

Métricas são dados brutos, frutos da interação das pessoas com a rede. Como todos os dados, eles fornecem parâmetros para a interpretação das ações e medições de resultados. As métricas de uma campanha de marketing digital são fundamentais para tomar decisões após o seu processamento.

Por sua vez, os KPIs são os indicadores de resultados estabelecidos pela campanha. Ou seja, os parâmetros desejados quando se iniciam as ações de marketing digital. Os KPIs fazem uma relação direta entre números e objetivos, criando um instrumento de análise para o sucesso da campanha.

Métricas de vaidade ignoram a função dos indicadores de performance e se atêm unicamente aos números. Um empreendedor, por exemplo, não pode ficar feliz com um grande aumento de tráfego em seu site se sua taxa de rejeição não diminui. Seria como celebrar um grande fluxo de clientes em uma loja física, mas que não compram nada.

Fugindo das métricas de vaidade

Para evitar métricas de vaidades na sua estratégia digital, procure seguir algumas dicas:

  • Estabeleça KPIs – eles mostram o verdadeiro sucesso das ações digitais;
  • Avalie o potencial de cada mídia – só invista em mídias que trazem retorno concreto para o seu negócio, números inflados sem resultados não têm muita serventia em uma estratégia online;
  • Interprete os dados – dados brutos são apenas dados, a interpretação é quem fornece parâmetros para poder extrair uma verdade deles;
  • Monitore os números – veja como anda a performance das ações ao longo do tempo e identifique crescimentos e declínios a partir das ações executadas;
  • Gere ideias – a interpretação dos números faz o profissional de marketing digital ter insghts e criar novas ações para ajudar o potencial da campanha, se não há insights é possível que a métrica seja de vaidade.

A grande novidade do marketing digital foi a possibilidade de monitoramento de resultados em tempo real. Produzir e interpretar dados é o que faz o a comunicação na internet crescer cada vez mais e produzir aquilo o que se espera dela. Desperdiçar esse potencial com métricas de vaidade é o pecado a ser evitado.

Gostou deste tema? Assine a nossa newsletter para ter mais como este no seu e-mail.

Postado por:
Flávia da Fonte