fbpx

Existem muitas formas de atuação digital que uma marca ou empresa pode se valer para estabelecer uma comunicação com seu público. Mas nem sempre são usadas de forma planejada. O planejamento de marketing digital é a ferramenta necessária para que ideias desconectadas ganhem uma forma e um plano de ações que mire resultados.

Ele existe para dar suporte às ações digitais e afastar suposições como fator de tomada de decisão. Ou seja, é um instrumento de profissionalização do marketing digital.

Sua definição básica: é um plano, desenvolvido após uma análise criteriosa de vários fatores, que irá determinar as melhores ferramentas e ações de marketing digital para alcançar objetivos previamente estabelecidos.

Vamos ver como ele deve ser feito.

Comece pelo problema

Toda ação de comunicação, seja digital ou offline, visa resolver um problema. Ter clareza sobre o que deve ser resolvido é o ponto chave para se começar a criar o planejamento. Empresas podem ter diferentes problemas, como pequena presença digital, volume de vendas insatisfatório, atuação online não condizente com seu porte, posicionamento mal trabalhado no ambiente virtual, entre outros.

É preciso entender os pontos falhos para só então criar estratégias para saná-los. A resolução do problema é, no fim das contas, o guia de todas as ações que serão criadas em uma campanha digital; é para ela que apontam todos os esforços.

Compreenda seu público

O grande diferencial da comunicação digital — que a distingue das mídias tradicionais — é poder estabelecer uma relação direta com o público-alvo. Além das estatísticas, é possível conhecer com uma certa profundidade cada pessoas que entra em contato com o produto ou a marca. Essa compreensão é fundamental para direcionar a mensagem certa para a pessoa certa no momento mais adequado.

No marketing digital, trabalha-se com a construção de personas, a representação do consumidor ideal. Além de dados demográficos, psicográficos e comportamentais, a persona deve ter uma personalidade e a narrativa da sua vida construída, com gostos, preferências, hábitos e estilos de vida. Ela dará aos planejadores uma noção clara de quem receberá as mensagens publicitárias do marketing digital.

Defina seus objetivos

Aonde você quer chegar ao final de uma campanha de marketing digital? O planejamento de marketing digital deve responder a essa pergunta com precisão. Isto é, traçar objetivos claros e trabalhar para alcançá-los. Eles devem ser, claro, ligados à resolução do problema e possíveis de serem alcançados.

Se o problema é a empresa ser desconhecida na internet, o objetivo pode ser o fortalecimento da presença digital para criar uma lembrança de marca no público-alvo e uma imagem positiva que leve ao consumo de seus produtos.

Crie uma estratégia

Passada a fase analítica do planejamento, chega-se à fase propositiva. É aqui em que são traçadas estratégias e táticas de comunicação digital. O planejamento de marketing digital tem um leque muito amplo de ações que podem ser acionadas para cumprir os objetivos propostos.

O plano pode definir a utilização de mídias sociais para fazer relacionamento, uso de e-mail marketing para incentivo de vendas online, campanhas no Google Adwords e Facebook Ads para impulsionar vendas sazonais, adoção do inbound marketing como estratégia de longo prazo, entre tantos outros. Cabe avaliar o potencial de cada canal e ação e associá-los aos objetivos traçados.

Isto feito, é partir para a coordenação das ações em um cronograma detalhado. Nada pode ser aleatório ou improvisado. O planejamento de marketing digital deve concatenar as ações para somá-las ao esforço subsequente e, nessa escalada, alcançar os objetivos da campanha.

Mensure os resultados

Aqui reside um dos maiores diferenciais do marketing digital: a possibilidade de medir os resultados em tempo real. Com as ferramentas de análise de audiência, é possível saber qual a reação do público no momento das ações e, caso necessário, fazer ajustes para garantir a eficácia. Ou seja, não é preciso esperar a ação acabar e processar os dados para saber se deu resultado ou não.

Mas não é só isso. O planejamento de marketing digital precisa estabelecer os indicadores chave de performance, os KPIs. Eles são conectados aos resultados que precisam ser atingidos e podem ser medidos com diferentes ferramentas.

O Google Analytics, por exemplo, fornece dados de tráfego de blogs, sites e lojas virtuais, servindo referência para a análise do sucesso de ações de impulsionamento. Com essas métricas estabelecidas e os dados fluindo, o planejamento de marketing digital cria uma visão panorâmica das ações da campanha.

Planejar ações no marketing digital exige, além de minucioso estudo de mercado, conhecimento das ferramentas para a sua aplicação. Se sua empresa está em busca de resultados no mundo digital, entre em contato conosco.

Postado por:
Flávia da Fonte